segunda-feira, agosto 04, 2008

Tudo Novo!!

Gosto muito de rotina.
Sou uma pessoa naturalmente desorganizada. Nasci com a capacidade de viver em harmonia com ambientes altamente caóticos. Talvez isso se deva à minha mãe, extremamente bagunceira, ou ao fato de termos sido 4 irmãos em casa (fora os que vieram depois da minha adolescência).
Meu pai diz que fui rato na outra encarnação. Como não acredito que reencarnamos, descarto essa hipótese, mas que ela explicaria muita coisa.. como explicaria!
Por isso, exatamente por ser assim, esquisitona mesmo, sem organização nenhuma, mas ainda assim amante da limpeza, de andar descalça e à vontade pela casa, tenho que ter rotina.
Pessoas como eu não podem viver sem rotina, sem normas claras para convívio em família, senão dominam a parada e já era para o resto dos agregados.
Mas, convenhamos, não tem nada mais chato que rotina. Tem?
Enjoa, pode causar mal de Alzheimer (não sou médica, mas leio coisas por aí), automatiza o corpo e a mente, provocar L.E.R. (NÃO SOU MÉDICA, mas leio coisas por aí) e além de tudo tira o prazer de atividades vitais.
O que fazer??
O que pessoas como eu, que precisam da rotina, podem fazer para se manter alinhadas e ainda assim ter prazer de viver?
Primeiro, tomar banho assim que acordam. Dormir sempre um pouco menos do que gostariam e uma vez por semana, simplesmente dormir quanto quiser, a hora que quiser. Comer bem, mas não comer à noite. Priorizar as refeições da manhã. Ter um gato. Ter uma flor que não precise de cuidados excessivos (ok... serve um cacto ou uma de plástico que a gente lava na torneira do tanque uma vez por mês para garantir que não tem nada "vivo" nela).
E pode também... tã tã!!
Mudar a rotina!!
Exatamente!! Criar uma nova rotina. Não é anarquizar, é fazer o mesmo de jeito diferente, é deixar de ligar o pc na mesma hora, deixar de levantar do mesmo lado da cama e talvez até de dormir do mesmo lado.
É escovar os dentes com a mãe esquerda (para canhotos, com a direita), aprender pelo menos uma música nova no violão a cada mês.
Fazer tudo o que deve ser feito, mas de um jeito um pouco diferente.
Tudo isso para dizer que mudei o blog porque não aguentava mais olhar para ele do mesmo jeito.
Coisa nova, no mesmo bat-endereço, com a mesma bat-regularidade de escrever (=nenhuma), mas com cara mudada.
Não sei se me fiz entender. E importa?
Nu cred.

Um comentário:

  1. Nossa como odeio rotina, mas concordo alguém deveria cuidar da minha rotina pra q eu me encontrasse e é claro encontrasse minhas coisas...ahahah... mas como sei q esta pessoa não serei eu... vai ficando tudo assim, meio Paula...ahaha

    ResponderExcluir