quinta-feira, junho 26, 2008

Gump

O que o Forrest Gump e eu temos em comum?

Facílimo! Botas!

Parece que tenho sina de ter problema com os pés e pernas... Quando era pequena, era um troço chato para dormir, uma bota com pinos em baixo e que tinha uma barra de ferro separando um pé do outro.

Esses dias, uma inflamação debaixo do osso do meu pé me colocou outra vez de Forrest.

É a vida. E voltei a deixar tudo claro aqui porque tava cansada de ficar de luto.

quarta-feira, junho 25, 2008

Não há nada novo sobre a terra...


Todas as coisas são mesmo uma repetição do que se foi.
Verdade incontestável.
E aqui, antes de eu ir dormir - finalmente!! - um exemplo disso.
Elas ontem, eu hoje. Equipamentos um pouco diferentes, mas a essência, é a mesma.