quarta-feira, agosto 01, 2007

Aniversário do Pai, Ida do Marido

É interessante como dois dias tão próximos podem ter significados tão diferentes.
Ontem foi aniversário do meu pai e fiquei feliz por causa da existência dele. Claro que estou sempre feliz pelo fato de ele existir, de ser meu pai etc etc e ele [e um paizão, mas ontem foi mais especial porque era aniversário, estavamos lembrando de como ele nascer foi importante4.
Hoje meu marido está terminando de preparar as coisas para ir à SP. Vamos nos encontrar daqui 15, ou melhor, 16 dias.
Esotu triste.
Esotu muito triste. Gostaria de ir já, de não ter que esperar esse tempo todo, mas por causa das minhas ulas, não tenho coragem de sair mais cedo e faltar tantas vezes e assim prejudicar meus alunos.
Eles precisam... estão tentando aprender alguma coisa, sei lá... então não tive coragem de faltar o mês inteiro e decidi ficar menos tempo em SP, logo, meu marido ficará uns dias sem mim.
Ontem eu estava feliz. Hoje estou meio triste.
É a vida. Feita desses momentos, dessas emoções e de só uma certeza: um dia isso tudo vai acabar e estou com garantia de uma eternidade tranquila, sem essa variações de emoções, sem despedidas. Amém!