quinta-feira, janeiro 11, 2007

barquinho2

Lembrei da música que está logo abaixo e me deu vontade de colocar aqui.
O barquinho estava numa praia aqui pertinho e achei tão bonito ele sozinho no meio do mar que acabei fotografando.
Cantava muito isso quando era pequena e depois parei até o fim da adolescência quando de uma vez ela voltou a fazer parte do meu "repertório" de chuveiro, caminhada para o trabalho, ônibus...
Acho que os maiores ensinamentos são esses, que vêm da infância. Lembro daquela música "Bola de meia, Bola de gude" e vejo que minha idéia não é exclusiva.
A música do barquinho pode parecer infantil, talvez até simplória, mas me lembra de quem está no comando das coisas e do meu papel de me deixar levar...
Fácil não é! Mas a música é por sim mesma recomfortante e aos 24 anos, quando a canto, me dá a mesma alegria dos 5 e uma convicção interna que quero carregar até a morte. Amém!

Nenhum comentário:

Postar um comentário